Automotivo

Você está em: AD Goiana > Automotivo

fiat_final

fiat

Instalado em um terreno de 14 milhões de m², o polo automotivo da Fiat em Goiana está orçado em R$ 8 bilhões, incluindo fábrica, pista de testes, campo de provas, centros de desenvolvimento tecnológico e de engenharia e 16 empresas sistemistas, que são aquelas principais fornecedoras, localizadas de forma integrada à planta da montadora. A previsão é de geração de 7 mil empregos, sendo 4 mil trabalhadores na fábrica e 3 mil nas sistemistas.

Capitaneado pela planta da Fiat, o polo automotivo de Pernambuco terá como sistemistas as plantas industriais da Magneti Marelli (seis unidades produtivas distintas), Faurecia (joint venture com a Magneti Marelli), Lear Corporation, Adler, Pirelli, Saint-Goubain, Powercoat, Denso, PMC, Tiberina e Brose.  A Sada Logística, responsável pelo transporte da produção da montadora da Fiat de Betim-MG desde 1976, está implantando uma unidade em Goiana.

A estrutura própria da Fiat tem 260 mil m² e o parque de fornecedores mede 270 mil m² distribuídos em 12 prédios, alguns compartilhados por fábricas diferentes, onde serão erguidas 17 linhas de produção, que resultarão em 27 milhões de operações logísticas por ano entre a fábrica da Fiat e o parque de fornecedores.

A Fita trabalha com o prazo de dezembro próximo para a conclusão das obras de construção da planta de Goiana. O começo de 2015 está reservado para ajustes de início de operação. A produção será de 250 mil carros por ano.